As novidades do Google Meet e Classroom

A tecnológica norte-americana Google tem melhorado as suas plataformas digitais e tem hoje várias novidades úteis no contexto da educação. Saiba quais são neste artigo. 

Continuamos agarrados aos dispositivos das tecnologias de informação e comunicação (TIC). Confrontados com o confinamento de março de 2020, foram esses meios que nos permitiram ficar mais ou menos ligados. Duas dessas ferramentas, o Classroom (GC) e o Meet (GM), criadas pela mesma empresa (Google), evoluíram e estão hoje mais completas.

Google Classroom 

O GC disponibiliza agora um mecanismo capaz de detetar plágio nos trabalhos dos alunos. 

Mas é a aplicação (app) do GC que apresenta mais novidades. 

Um professor pode anexar um vídeo explicativo a um trabalho muito facilmente através do seu telemóvel ou tablet. Desta forma, contornam-se as dificuldades de leitura que muitos alunos manifestam e compreende-se melhor o objetivo da tarefa a realizar,: 

Depois do trabalho concluído e entregue pelo aluno, o professor pode continuar a utilizar a app do GC para corrigir e dar feedback sobre o seu desempenho.:

Tudo isto em aulas presenciais ou à distância, mas o seletor aleatório de alunos da mesma app é pode ser muito útil em aulas presenciais! 

Google Meet

O GM também ganhou mais funcionalidades!

Agora já é possível ter os vários participantes a levantar a mão para intervir na reunião. 

Mas, caso haja alguma imaturidade, o anfitrião da reunião pode desativar a possibilidade dos participantes.


Pode também memorizar essas definições para futuras reuniões.

Também já é possível desfocar o fundo, definir a quantidade de mosaicos visíveis.

Pode-se também alterar a imagem de fundo e gerir a lista de espera onde os participantes aguardam por entrar na reunião.

Mas bom bom é ver e sentir os alunos a ter um papel ativo na aula, por exemplo, através da integração do Jamboard, uma plataforma de quadro branco da Google.

Pode descobrir mais sobre o Google Meet e Classroom aqui.

Autor: Professor Hugo Miguel, do Agrupamento de Escolas do Paião, na Figueira da Foz.

Partilhar: