O papel da Comissão Europeia no setor da Educação

João Santos, chefe adjunto na Direção Geral do Emprego da Comissão Europeia, é o nosso primeiro convidado na rubrica Educação 21. Uma conversa sobre a visão da Comissão sobre Educação, os benefícios do Ensino Profissional e como as boas práticas dos estados membros são partilhadas e articuladas com a aplicação dos fundos comunitários. 

Da escola profissional de Alcântara para o Mundo 

Como nos explica durante a entrevista, João Santos é uma caso de sucesso do ensino profissional. Completou o ensino profissional na área de eletrónica radiotécnica na escola Fonseca Benavides em Alcantâra e depois optou por ingressar no Instituto Superior Técnico, para estudar engenharia. 

Hoje é chefe adjunto da Direcção-Geral do Emprego, Assuntos Sociais e Inclusão da Comissão Europeia em Bruxelas. Esta unidade é responsável pela Educação e Treinamento Vocacional  (também conhecida como VET – Vocational Education and Training), e orientação política do programa Erasmus+ neste setor.

Anteriormente, esteve envolvido nas negociações sobre as políticas estruturais da UE apoiadas pelo Fundo Social Europeu. Suas responsabilidades incluíam Emprego, Competências, Proteção Social e Inclusão Social.

Também trabalhou nas relações internacionais que abrangem a dimensão do emprego e dos assuntos sociais da cooperação bilateral da UE com a China, os EUA e o Canadá, bem como na cooperação multilateral no âmbito das Nações Unidas, em questões relacionadas com a Dimensão Social da Globalização e a agenda de trabalho decente.

De 2009 a 2013, trabalhou na Delegação da UE na China e na Mongólia como Conselheiro diplomático, lidando com comércio bilateral e questões de investimento. 

Pode ver a nossa conversa na íntegra aqui: 


Ou pode ouvir o nosso podcast no Spotify (também disponível noutras 
plataformas): 

E pode ainda ver uma infografia com o sumário da conversa aqui:

Partilhar: